Biquini de Tricô Campeche com Fio Bikini

Por Bazar Horizonte 2 meses atrásNenhum comentário
Home  /  Receitas de Tricô  /  Biquini de Tricô Campeche com Fio Bikini

Material Utilizado:

Fio Bikini de cores diferentes. As cores utilizadas na peça da foto foram: 3 novelos de cada cor neutral (2832), Marina (2598) e Branco (002).
Agulha de tricô circular nº2 a 3mm. A agulha utilizada na peça da foto foi a nº2,25mm.
Agulha de tapeçaria
Marcador de pontos
Tesoura
Fita métrica

Veja outras receitas sobre Biquini de Tricô que vão te inspirar ainda mais.

 

AMOSTRAS DE PONTOS 

– Antes de iniciar o trabalho, é necessário fazer 2 amostras. Uma em ponto barra 1×1 e outra em ponto malha (Jersey). É através delas que será possível adaptar a peça a qualquer tamanho.
– Amostra de pontos em ponto malha 10cmx10cm: 36 pontos e 50 carreiras

SUGESTÕES
Se você deseja um biquini bem sustentado, pode optar por usar fio duplo nas barras ou tricotar juntamente um fio de lastex. Não use fio duplo nas tramas em ponto malha (Jersey).

CÁLCULOS DE MEDIDAS
Você está trabalhando com um fio elástico e com uma peça ajustada ao corpo, então considere a elasticidade da trama ao realizar os cálculos.

EXECUÇÃO
PARTE DE BAIXO

Cintura: Com uma fita métrica, meça a circunferência de sua cintura baixa.
Calcule, a partir da sua amostra em barra 1×1, via regra de 3, o número de pontos a serem montados para obter a medida equivalente à sua cintura. O número de pontos a ser montado deve ser par.
Frente e trás: Com uma fita métrica, meça a parte equivalente à frente e trás da parte de baixo do seu biquini (na parte superior, na união coma barra da cintura, conforme a foto). Você pode medir a parte da frente de um biquini seu, se preferir. Calcule, a partir da sua amostra em ponto malha, via regra de 3, quantos pontos equivalem à medida desejada. Os números de pontos equivalentes a cada parte (frente e trás) deve ser par.
Laterais: Somar o número de pontos equivalente às partes da frente e trás do biquini.
Subtraia o número obtido do número total de pontos da barra da cintura e divida por 2. O número obtido é o número de pontos equivalentes às barras laterais da parte de baixo.

Barras laterais = cintura – (frente + trás) 2

EXEMPLO: se a barra da cintura tem 200 pontos, a parte da frente tem 40 e a parte de trás tem 50, cada lateral terá 55 pontos.
Barra da cintura – tricô circular – cor Marina (2598):
Montar o número par de pontos equivalente à sua medida nas duas agulhas juntas.
Remover uma das agulhas de dentro dos pontos
Tecer em ponto barra 1×1 em tricô circular por aproximadamente 8,5cm (ou por quantos centímetros preferir), sempre lembrando de posicionar o marcador de início de rodada.
Arrematar frouxamente (em barra) o número equivalente a uma das laterais do biquini.
Tecer em barra 1×1 o número equivalente à parte da frente do biquini.
Arrematar frouxamente (em barra) o número equivalente a outra da lateral do biquini.
Tecer em barra 1×1 o número equivalente à parte de trás do biquini.
Agora você deixará a parte da frente em espera no cabo da agulha, ou em uma agulha de gancho, se preferir. As partes da frente e de trás são tecidas separadamente em tricô plano.

Parte de trás – tricô plano – 6 carreiras em Branco (0002) e 3 carreiras em Neutral (2832):
Carreira 1: primeiro ponto sem tecer em meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, tricô até restarem 5 pontos, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia.
Carreira 2: primeiro ponto sem tecer em tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, meia até restarem 5 pontos, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô.
Carreiras 3 a 5: repetir carreiras 1 e 2.
Carreira 6: primeiro ponto sem tecer em tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 diminuição ssk, meia até restarem 7 pontos, 2 pontos juntos em meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô.
Carreiras 7 a 9: repetir carreiras 1 e 2.
Carreira 10: repetir carreira 6.
Carreiras 11 a 18: repetir carreiras 1 e 6 (diminuições em todas carreiras pares).
Carreiras 19 a 21: repetir carreiras 1 e 2:
Carreira 22: repetir carreira 6.
Carreiras 23 a 30: repetir sequência das carreiras 19 a 22 (3 carreiras sem diminuições e 1 com).
– Avalie se a largura obtida da malha corresponde ao tamanho adequado para o fundilho do biquini.
– Se necessário, siga fazendo esta sequência de 3 carreiras sem diminuições e 1 com, até obter a largura ideal.
– Após alcançar a largura ideal, siga repetindo as carreiras 1 e 2 (sem diminuições), até atingir o comprimento necessário para o seu tamanho (até o meio do fundilho).
– Deixe os pontos em espera se desejar fazer grafting, ou arremate se desejar fazer costura no fundilho.

Parte da frente – tricô plano – 6 carreiras em Branco (0002) e 3 carreiras em Neutral (2832):
– Volte para a agulha os pontos correspondentes à parte da frente que estavam em espera. Começar tecendo pela parte esquerda da peça – avesso.
– Repita exatamente o mesmo processo da parte de trás, até atingir o mesmo número de pontos na agulha equivalente ao fundilho. Seguir tecendo sem aumentos até obter o comprimento adequado para o seu tamanho. Você pode ir provando e testando se o comprimento já está suficiente.
– Realizar o grafting ou costura do fundilho.

PARTE DE CIMA

Barra: Com uma fita métrica, meça a circunferência do seu tórax logo abaixo dos seios. Calcule a partir da sua amostra em barra 1×1, via regra de 3, o número de pontos a serem montados para obter a medida equivalente à sua circunferência do seu tórax. O número de pontos a ser montado deve ser par.
Bojos: Com uma fita métrica, meça a parte equivalente à base do bojo (parte inferior), na união com a barra do tórax. Você pode medir o bojo de um biquini seu, se preferir. Calcule, a partir da sua amostra em ponto malha, via regra de 3, quantos pontos equivalem à medida desejada. Os números de pontos equivalentes a cada bojo deve ser par.

Barra inferior – tricô circular – cor Marina (2598):
Montar o número par de pontos equivalente à sua medida nas duas agulhas juntas.
Remover uma das agulhas de dentro dos pontos
Tecer em ponto barra 1×1 em tricô circular por aproximadamente 8,5cm (ou por quantos centímetros preferir), sempre lembrando de posicionar o marcador de início de rodada.
Finalizada a barra, tecer em barra 1×1 o número de pontos equivalentes ao primeiro bojo, arrematar frouxamente de 2 a 5 pontos (esse será o espaço entre os bojos e dependerá se seus seios são mais juntos ou mais separados), tecer em barra 1×1 o número de pontos equivalentes ao segundo bojo e arrematar frouxamente o restante dos pontos.
Você terá pontos em espera equivalentes a cada um dos bojos, que serão tecidos separadamente.

Bojos – tricô plano – 6 carreiras em Branco (0002) e 3 carreiras em Neutral (2832):
Carreira 1: primeiro ponto sem tecer em meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, tricô até restarem 5 pontos, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia.
Carreira 2: primeiro ponto sem tecer em tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, meia até restarem 5 pontos, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô.
Carreiras 3 a 5: repetir carreiras 1 e 2.
Carreira 6: primeiro ponto sem tecer em tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 diminuição ssk, meia até restarem 7 pontos, 2 pontos juntos em meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia, 1 tricô.
Carreiras 7 a 9: repetir carreiras 1 e 2.
– Repetir sequência das carreiras 6 a 9 (3 carreiras sem diminuições e 1 com) até restarem 12 pontos.
– Repetir o mesmo processo no outro bojo.

Tiras – tricô plano – cor Marina (2598):
Tecer as tiras em barra 1×1 por aproximadamente 35cm ou pelo comprimento que desejar.

FINALIZAÇÃO: Esconder os fios com auxílio de uma agulha de tapeçaria.

 

Categoria:
  Receitas de Tricô
bazarhorizonte.com.br
esse texto foi compartilhado 0 vezes
 200
Sobre

 Bazar Horizonte

  (3846 artigos)

O Bazar e Papelaria Horizonte LTDA é uma tradicional loja de artigos para artesanato, papelaria e informática de São Paulo. Fundado em 1980, a empresa conta com duas unidades na cidade de São Paulo, atuando também no comércio eletrônico, representado pelo www.bazarhorizonte.com.br.

Comente

Your email address will not be published.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com