Receita Blusa de Tricô Jujuba com Fio Monterey

By Bazar Horizonte 2 anos ago
Home  /  Receitas de Tricô  /  Receita Blusa de Tricô Jujuba com Fio Monterey

Material Utilizado:

Fio Monterey 5 novelos na cor SEQUOIA 9104 (para garantir, é sempre bom comprar um a mais)
Agulhas de tricô circulares nº 5,5mm (para as barras 1×1) e 7mm (para as malhas). O ideal é que o cabo seja de 80cm ou mais.
Agulha de tapeçaria
Tesoura
Marcador de pontos

Veja outras receitas sobre Blusa de Tricô que vão te inspirar ainda mais.

 

AMOSTRA DE PONTOS

10cm horizontal – 14 pontos
10cm vertical – 21 carreiras

 

MEDIDAS DA PEÇA

Largura: 67cm
Comprimento: 50cm
Comprimento da manga: 35cm
Largura da manga: 20cm

LEIA ANTES DE INICIAR
– A receita desta blusa é de tamanho único no estilo oversized. Esta blusa é tecida pelo método bottom-up, ou seja, de baixo para cima. A barra inferior é composta de duas partes tecidas em tricô plano, com o mesmo número de pontos. Desta maneira, obteremos a fenda lateral da barra inferior. A barra da parte das costas é ligeiramente mais longa que a da parte da frente, mas isto é opcional. Primeiramente, você tecerá uma das barras e quando ela estiver no comprimento desejado, você vai deixá-la em espera no cabo da agulha. Então, você vai montar os pontos da segunda barra e tecer até o comprimento desejado. Nesta etapa, você terá duas barras em tricô plano no cabo da sua agulha. Concluídas as duas barras em tricô plano, é a hora de começar a tecer em circular! Você vai posicionar um marcador de início de rodada para não se perder no número de rodadas que já foram concluídas. Com o fio que vem do trabalho, feche o círculo, unindo as duas barras e trabalhe em ponto meia, em circular, pelo comprimento que desejar, ou conforme o tamanho da receita.
Na etapa seguinte, você dividirá novamente o trabalho em duas partes iguais e trabalhará separadamente frente e costas em tricô plano.
O comprimento desta parte de tricô plano é que determinará a largura da manga.

Você vai tecer a parte das costas, depois a parte da frente, confeccionando o decote conforme a receita. Concluída esta etapa, você vai unir o topo dos ombros por grafting ou arrematar e costurar – como preferir. Depois é só levantar os pontos da abertura das mangas e tecer pelo comprimento que desejar.
Por fim, você vai levantar os pontos no decote e confeccionar a barra da gola.

 

EXECUÇÃO

BARRAS INFERIORES – EM TRICÔ PLANO
– Montar 90 pontos na agulha 5,5.
– Tecer em barra 1×1 por 12 carreiras ou 6cm (frente).
– Manter a barra recém tecida em espera no cabo da agulha.
– Montar outros 90 pontos.
– Tecer em barra 1×1 por 18 carreiras (costas).

CORPO DA PEÇA
– Trocar para a agulha 7.

PARTE INFERIOR DO CORPO – EM TRICÔ CIRCULAR
– Unir frente e trás e passando a tecer em circular. Posicionar um marcador de início de volta. Total 180 pontos.
– Tecer em meia por 40 voltas ou aproximadamente 23cm. Você pode optar por tecer mais ou menos carreiras nessa etapa para obter uma peça mais longa ou mais curta.

PARTE SUPERIOR DO CORPO – EM TRICÔ PLANO
– Dividir o trabalho entre frente e costas (90 + 90 pontos)

COSTAS (90 PONTOS)
Tecer 45 carreiras em ponto malha passando o primeiro ponto sem tecer em todas as carreiras.
– Na carreira 46, você vai dar início à confecção da abertura da gola. Para isso, serão tecidos apenas os 20 primeiros pontos da carreira, e então voltamos a carreira.

CONFECÇÃO DO LADO ESQUERDO DA PARTE DE TRÁS (PARTE DO OMBRO)
Carreira 46: 1 ponto sem tecer em tricô, 19 tricô.
Carreira 47 (volta a carreira em meia): 1 ponto sem tecer em meia, 19 meia.
Carreiras 48 a 50: igual à 46 e 47.
– Deixar estes pontos em espera e uma agulha de gancho ou resto de fio.

CONFECÇÃO DO LADO DIREITO DA PARTE DE TRÁS (PARTE DO OMBRO):
Coloque os 50 pontos centrais, que equivalem à abertura da gola, em espera em uma agulha de gancho ou resto de fio.
– Teça as 5 carreiras nos 20 pontos restantes do outro ombro da mesma maneira que você teceu o primeiro.

FRENTE (90 PONTOS – 45 LADO ESQUERDO E 45 LADO DIREITO)
Dividir a parte da frente entre lado direito e esquerdo (45 + 45 pontos).
Você vai tecer um lado de cada vez.
– Iniciaremos tecendo o lado direito da parte da frente, adicionando um novo fio pelo lado do decote (pelo centro)

CONFECÇÃO DO LADO DIREITO DA PARTE DA FRENTE
Carreira 1: 42 meia, 1 diminuição à direita em meia, 1 meia.
Carreira 2: 1 ponto sem tecer em tricô, tricô até o final da carreira.
Carreira 3: 1 ponto sem tecer em meia, meia até restarem 3 pontos, 1 diminuição a direita, 1 meia.
Carreira 4: igual à 2.
– Seguir nessa sequência até restarem 20 pontos.
Carreira 50: igual à 2
– Deixar os pontos em espera em agulha de gancho ou resto de fio.

CONFECÇÃO DO LADO DIREITO DA PARTE DA FRENTE
Adicionar um novo fio pelo lado da axila.
Carreira 1: 1 ponto sem tecer em meia, meia até restarem 3 pontos, 1 diminuição à esquerda, 1 meia.
Carreira 2: 1 ponto sem tecer em tricô, tricô até o fim da carreira.
– Repetir esta sequência até restarem 20 pontos.
Carreira 50: igual à carr 2.
– Deixar os pontos em espera em agulha de gancho ou resto de fio.

UNIÃO DO TOPO DOS OMBROS
– Fazer o grafting dos 20 pontos de cada lado unindo frente e costas. Se você não quiser fazer o grafting, pode arrematar e costurar o topo do ombro, como preferir.

CONFECÇÃO DA GOLA – EM TRICÔ CIRCULAR
– Trocar para a agulha 5,5.
– Passar os 50 pontos que estão em espera (da região da nuca) do centro da parte de trás para a agulha 5,5. Levantar pontos ao redor de toda abertura do decote no segundo ponto da carreira, aquele que leva as diminuições.
– Atenção para não levantar pontos no ponto de borda.
– Quando chegar no vértice do decote V, onde as partes da frente se dividem, levante um ponto bem no centro, 1 carreira abaixo da última (abaixo da segunda barra horizontal), para não formar buraco. É este ponto que será o ponto central da diminuição central dupla.
– Quando terminar de levantar os pontos ao redor de toda abertura, posicione um marcador de início de volta.
– Teça em barra 1×1 e sempre que chegar 1 ponto antes do vértice do V, faça uma diminuição central dupla.
– A gola deve ter 9cm
– Arremate italiano.

CONFECÇÃO DAS MANGAS – EM TRICÔ CIRCULAR
– Levantar 1 ponto a cada ponto de borda e 2 pontos extras na região da axila. Posicionar um marcador de início de volta.
– Tecer em meia pelo comprimento desejado.

POR BRUNA STEINER DO @WOOLHOOLKNITTING

Category:
  Receitas de Tricô
this post was shared 0 times
 300
About

 Bazar Horizonte

  (4519 articles)

O Bazar e Papelaria Horizonte LTDA é uma tradicional loja de artigos para artesanato, papelaria e informática de São Paulo. Fundado em 1980, a empresa conta com duas unidades na cidade de São Paulo, atuando também no comércio eletrônico, representado pelo www.bazarhorizonte.com.br.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com