Bordado Filé: um tesouro das artes manuais alagoenses

Por Bazar Horizonte 2 anos atrásNenhum comentário
Home  /  Notícias  /  Bordado Filé: um tesouro das artes manuais alagoenses
Diversas técnicas artesanais representam a história e a cultura da região em que se firmaram. Um grande representante do artesanato alagoense é o bordado Filé. Passada de geração em geração, esta técnica permite a criação de trabalhos coloridos, inventivos e é um verdadeiro tesouro cultural. Desde 2017, a Círculo, o Sebrae e o INBORDAL (Instituto do Bordado Filé da Região das Lagoas Mundaú Manguaba) se uniram para desenvolver e implementar ações de tecnologia no processo produtivo do bordado filé, unindo inovação e tradição em um só projeto.

Parceria que rendeu frutos

Há três anos, a Círculo já atuava como parceira da Inbordal, porém, juntos com o Sebrae, este trabalho pode ir mais longe. No final do mês de novembro, houve um evento técnico para celebrar as atividades e conquistas deste projeto: o Bordado Filé 2018, que contou ainda com o apoio da Prefeitura de Maceió. Entre as atividades, esteve o teste de fios, realizado até encontrar o ideal para a técnica e a rastreabilidade do produto criado com a técnica.

As peças tecidas com o Filé, que é Patrimônio Cultural Imaterial de Alagoas desde 2014, terão uma etiqueta com QR Code. Ele identificará o local em que ela foi produzida, a artesã que desenvolveu o trabalho, o tempo que levou para ser feito e o tipo de fio utilizado. Isso confere ao produto a autenticidade de origem e gera um novo valor agregado.

No evento de novembro, empresários, artesãos e autoridades puderam ver de perto as peças de moda e decoração que podem ser tecidas utilizando o Bordado Filé. Após uma série de testes, chegou-se a conclusão de que o Anne é o melhor fio para a técnica, embora algumas artesãs também utilizem Cléa 1000 ou Clara em seus projetos. Para trabalhos que necessitam de rigidez, as artesãs utilizam o Endurece, resina da Círculo ideal para a produção de potes, cestas, abajures e enfeites em geral.

A parceria firmada entre as entidades e a Círculo possibilitou que fosse feita uma série de pesquisas, testes e estudos que garantiram o bom uso da cartela de cores, regulamentação de métodos, modos de conservação, impermeabilização e lavagem das peças. Assim, garante-se a qualidade e a origem do produto apresentado ao exigente mercado artesanal. Este esforço vai além da necessidade de preservação de uma arte tão característica. O Filé torna-se ainda mais qualificado em suas técnicas, o que resulta na valorização e reafirmação da identidade destes trabalhos, tecidos pelas talentosas mãos de artesãs alagoanas.

Bordado Filé

Para que se possa bordar com a técnica do Filé, é preciso, primeiramente tecer uma rede ou malha com pequenos espaçamentos. É nesta superfície tramada que as artesãs do instituto bordam. Após a escolha das cores que darão vida ao trabalho, elas preenchem a malha com uma combinação de pontos variados. “As bordadeiras associadas ao instituto seguem um padrão de qualidade que foi testado e certificado por nós. Elas apresentam peças quase simétricas, com tamanhos padronizados, e que garantem a procedência da matéria-prima”, explica Petrúcia Lopes, presidente do Instituto do Bordado Filé. O plano para 2019 é democratizar o método, para que mais pessoas tenham conheçam a riqueza dos trabalhos confeccionados com o Bordado Filé.

 

Categoria:
  Notícias
bazarhorizonte.com.br
esse texto foi compartilhado 0 vezes
 200
Sobre

 Bazar Horizonte

  (3680 artigos)

O Bazar e Papelaria Horizonte LTDA é uma tradicional loja de artigos para artesanato, papelaria e informática de São Paulo. Fundado em 1980, a empresa conta com duas unidades na cidade de São Paulo, atuando também no comércio eletrônico, representado pelo www.bazarhorizonte.com.br.

Comente

Your email address will not be published.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com