Explorando o Bordado Português – Nisa

Por Bazar Horizonte 4 meses atrásNenhum comentário
Home  /  Artesão por Profissão  /  Explorando o Bordado Português – Nisa
bordado-nisa-2

Explorando o Bordado Português – Nisa

A arte milenar de bordar é uma fonte histórica para o artesanato, com ricas referências, repleta de cultura e dezenas de técnicas para se explorar e conhecer. Portugal e sua riqueza no bordado é um país que não poderia deixar de ser explorado profundamente, pois possui variados (e belíssimos) pontos, únicos e historicamente diferenciados.

Tratam-se de técnicas muito antigas, que podem ser consideradas patrimônio cultural do país a qual pertencem. Por isso, é muito difícil precisar a data de suas origens, uma vez que a influência tenha sido de outros países, como a Itália, para apenas depois ser apropriada por Portugal.

O Bordado de Nisa, por exemplo. Não se sabe ao certo quando foi levado à vila portuguesa localizada na região do Alentejo. O que se sabe é da beleza inconfundível de seus pontos. Romântica, essa técnica remete aos enxovais de noivado, uma vez que era executado principalmente e orgulhosamente pelas noivas, que bordavam colchas, cobertores, lençois e toalhas, provocando suspiros entre outras noivas e a admiração dos parentes e visitas.

Existem diversas formas de bordado que utilizam a técnica nisense. Mas o Alinhavado de Nisa é a mais famosa e original, que representa todo seu potencial artístico.

Alinhavados – essa técnica consiste em retirar os fios dos tecidos  (linho ou alinhado) de maneira que as formas fiquem vazadas no tecido e arrematados com ponto de crivo. A forma do desenho é caseada e o crivo feito com feixes de fios muito bem trançados. O resultado é um bordado de personalidade e resistente.

Nos bordados mais antigos, chamados de “caramelos”, o processo é invertido: ao invés de se retirar os fios, os espaços quadriculados são preenchidos, formando variados desenhos.

bordado-nisa

Xales de Nisa – Ícones da moda portuguesa, sobretudo da região de Nisa, os xales bordados são considerados as peças mais importantes do artesanato nisense. E não é pra pouco. Feitos com um tecido de corte quadrado, linhas coloridas, dedal, agulha e papel químico para transferir o desenho a bordar, ele ainda é finalizado com crochê em lã e franjas, que dão forma à suas características regionais.

bordado-nisa-2

Cobertores bordados (coberjões) – Resultado de muito emprenho e horas de bordado a fio, os cobertores são essenciais na cultura de Nisa. Isso porque eles que iniciaram a tradição, por meio das noivas, que desenvolviam manualmente todo o enxoval com orgulho, resultando em peças deslumbrantes. O ponto utilizado é o de fio torcido ou pé de flor, ponto cheio e os nozinhos, com fio matizado, e cores vivas. Sua técnica de arremate é feita por um caseado em toda a volta da peça.

bordado-nisa-3

Explorar as culturas de artesanato ao redor do mundo inspira e nos proporciona referências para trabalhar melhor

Se você gosta dos mais variados tipos de bordado e adora executar as as mais diferentes técnicas, pode se inspirar com o bordado de Nisa. Veja nos vídeos abaixo técnicas de bordado muito similares que podem te ajudar a bordar todas as flores que são típicas da cultura portuguesa.

Você pode gostar também:

Categoria:
  Artesão por Profissão
esse texto foi compartilhado 0 vezes
 100
Sobre

 Bazar Horizonte

  (1799 artigos)

O Bazar e Papelaria Horizonte LTDA é uma tradicional loja de artigos para artesanato, papelaria e informática de São Paulo. Fundado em 1980, a empresa conta com duas unidades na cidade de São Paulo, atuando também no comércio eletrônico, representado pelo www.bazarhorizonte.com.br.

Comente

Your email address will not be published.